Como exportar corretamente um arquivo para a impressão 3D

A fim de garantir a qualidade final das suas peças recomendamos que a exportação dos arquivos STL ou OBJ seja feita de acordo com os padrões para a impressão 3D.
Caso seja necessário, efetuaremos reparos na malha da sua peça para garantir que a impressão seja bem sucedida porém caso os reparos modifiquem a geometria da peça nos reservamos o direito de não reimprimir o arquivo em caso de descontento com o resultado.
Os principais requisitos de exportação são:

  • Dimensões do arquivo em milímetros
  • Não exagerar na quantidade de polígonos, normalmente um STL de 100 MB é o limite para garantir a qualidade, se sua peça ultrapassar isso entre em contato
  • Apenas uma malha (objeto) por arquivo
  • A malha deve estar completamente fechada, sem furos
  • A geometria deve ser possível no mundo real, por exemplo planos ou pontos sem volume não são possíveis no mundo real

Ao se tratar da impressão 3D para joias, resina verde, o último requisito, geometria possível no mundo real, deve ser seguido a risca pois detalhes como chapas muito finas ou detalhes muito pequenos podem sair na peça impressa em 3D em resina, porém, quase certamente irão falhar nos processos seguintes para a fabricação da peça final em metal.

Sempre estamos disponíveis para esclarecer qualquer dúvida sobre as tolerâncias e os métodos corretos de fabricação, qualquer dúvida fique a vontade para entrar em contato.

Veja perguntas relacionadas

Vamos materializar!

Te guiaremos para você orçar sua produção bem rápido
Para fabricar uma peça precisamos ter um arquivo 3D ou vetorial, esse arquivo guiará nossas máquinas nesse processo

Se você já tem um arquivo é só enviar pelo nosso sistema e seu orçamento é feito na hora! Selecione qual aplicação se encaixa melhor para você

Luminária D20 impressa em 3D
Troféu personalizado inteligente Mostra SESC de cinema

Em breve!